Missionários vão pedalar 200 km para distribuir mil Bíblias no Amapá

O grupo irá percorrer cerca de 200 quilômetros de bicicleta entre Calçoene e Oiapoque para entregar mil Bíblias para os moradores da região.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE G1

Os missionários vão enfrentar 200 quilômetros de pedalada. (Foto: Mariana Canto/Pedalando por Bíblias)
Os missionários vão enfrentar 200 quilômetros de pedalada. (Foto: Mariana Canto/Pedalando por Bíblias)

Um grupo de missionários irá percorrer cerca de 200 quilômetros de bicicleta entre Calçoene e Oiapoque para entregar mil Bíblias para os moradores da região, no Amapá.

Entre 11 e 15 de outubro, os missionários pretendem deixar um exemplar em cada casa que não possui nenhuma Bíblia. Os livros que serão distribuídos foram fabricados pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que cobrou apenas o custo de produção.

“Nosso objetivo é levar uma Bíblia para cada casa por onde passamos. Para esse momento, estamos reunido mil exemplares. Nós paramos as pessoas e perguntamos se ela possui uma Bíblia, caso não, a gente faz a entrega gratuitamente”, disse o coordenador do projeto em Calçoene, Fernando Medeiros.

Na primeira etapa do trajeto, o grupo de 10 a 15 voluntários irá pedalar até a comunidade de Carnot, ainda em Calçoene. No dia seguinte, os missionários seguem para Caciporé, em Oiapoque, onde será a segunda parada. O destino final será a sede da cidade fronteiriça.

Além de distribuir as Bíblias, os missionários pretendem ajudar as comunidades onde vão acampar, seja fazendo limpezas e consertos nas casas ou promovendo outras atividades para os moradores.


Objetivo é entregar um exemplar da Bíblia em cada casa. (Foto: Mariana Canto/Pedalando por Bíblias)

A ação faz parte do projeto “Pedalando Por Bíblias” que conta com o apoio da organização Jovens Com Uma Missão (Jocum) e da SBB. Iniciado no Brasil em 1998, a meta é que o trabalho seja realizado até 2050.

A iniciativa foi criada na Austrália, em 1984, com o ciclista Bob Forrest. Na ocasião, ele percorreu 900 quilômetros que separam as cidades de Sydney e Melbourne, na companhia do filho e de um amigo. Até hoje, o “Pedalando Por Bíblias” foi replicado em mais de 20 países.

Comentários