Missão, o desafio que inclui a mim. (At 10.42)

Ele nos mandou pregar a palavra; disse que devíamos sair por todo o mundo, contemplando cada pessoa com as boas novas de salvação; ordenou que ensinássemos às nações, pois os ímpios não sabem sequer em que tropeçam. Sim, Ele foi para a glória e nos deixou um desafio: torná-lo conhecido em toda a terra – mesmo nos lugares onde, geograficamente, é quase inacessível, ou mesmo onde não há tolerância aos pregadores cristãos.

E vejo uma coisa gloriosa; percebo algo envolvente: esse desafio inclui a mim. Sim, eu que prego que é necessário pregar, impulsionando outros a fazer a obra; eu que sou avivado ou que, aparentemente, não tenho compromisso com a obra; eu que sou cheio de talentos ou eu que, aparentemente, não sirvo para nada; eu que me dedico ao ministério da pregação ou eu que gosto mais de cantar – ou mesmo eu que não canto, que apenas aprecio o louvor.

O desafio inclui a mim; não vejo saída para escapar; os termos do Senhor da seara me pegam na palavra. Ele usou expressões que englobam a igreja, a mim. Isso é também um privilégio, uma contemplação de um Deus que não faz acepção de pessoas; que não chama os capacitados, mas que capacita os chamados. Ele viu a mim; não olhou para a aparência; não desconsiderou minha capacidade nem desprezou minha humildade; Ele não despachou meus bens nem deixou a grande comissão a mercê de minha necessidade; Ele supriu de todos os bens necessários, abriu caminhos e disse: Siga-me, eu vou com você. Sim, Ele dirigiu a palavra a mim.

Ah, sabemos: a missão é um desafio, o desafio de pregar a Palavra mesmo onde não queiram nos receber. Mas vamos, ou melhor: vou, porque o desafio inclui a mim. O texto de At 10.42 diz: “nos mandou pregar”. Perceba a colocação: “nos” inclui a mim. E quem incluiu meu nome vai me buscar, olhar meu relatório; Ele vai cobrar onde enterrei o talento, onde empreguei minhas habilidades. Ah, Ele vai me promover, chamar-me de “servo bom e fiel”; e eu vou me alegrar com isso; vou desfrutar de Sua glória, de Sua recompensa, que será grandiosa. Estou nessa, meu Deus!

Comentários