CRONOLOGIA DA PAGANIZAÇÃO DA IGREJA ROMANA

APESAR DOS ROMANISTAS DIZEREM QUE A IGREJA CATÓLICA ROMANA FORA FUNDADA PELO SENHOR JESUS CRISTO A MAIORIA DOS HISTORIADORES E TEÓLOGOS ACREDITAM QUE A FORMAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA DEU-SE LENTAMENTE, ISTO É, DESDE QUE SURGIU ZEFERINO, BISPO DE ROMA, QUE COMEÇOU UM MOVIMENTO HERÉTICO CONTRA A DIVINDADE DE CRISTO ATÉ O FORTALECIMENTO DO PAPADO POR GREGÓRIO I ( 590 D.C. A 604 D.C.)


AQUI CITAREMOS UMA LISTA DAS HERESIAS QUE FORAM SE INTRODUZINDO DENTRO DA IGREJA COM O PASSAR DOS ANOS:


33 D.C. A 196 –


PERÍODO DE PUREZA DOUTRINA, LUTA CONTRA AS HERESIAS GNÓSTICAS


199 D.C.


ZEFERINO, BISPO DE ROMA, ATACA A DIVINDADE DE CRISTO


217 D.C.


CALIXTO I TENTA IMPOR O TÍTULO DE BISPO DOS BISPO E RECEBE CRÍTICAS DE TERTULIANO


Tertuliano, dizia que o sangue dos mártires era adubo para crescimento da igreja.


254 D.C.


ESTEVÃO I TENTA SE INTROMETER NOS PROBLEMAS DAS IGREJAS DO NORTE DA ÁFRICA E É REPRIMIDO POR CIPRIANO, BISPO DE CATARGO.


260 D.C.


OS MINISTROS COMEÇAM A SER CHAMADOS DE SACERDOTES


270 D.C.

ANTONIO NO EGITO DEIXSA SEUS BENS MATERIAIS PARA VIVER RETIRADO DO MUNDO A “MODA PEGA” E OS MOSTEIROS SE ALASTRAM PELA PALESTINA, EUROPA E ÁSIA.


343 D.C.

CONCÍLIO DOS BISPOS OCIDENTAIS EM SÁRDICA RECONHECE A AUTORIDADE DO BISPO ROMANO.


370 D.C.

APÓS O CRISTIANISMO SE TORNAR RELIGIÃO DO ESTADO, OS PAGÃOS, PRINCIPALMENTE DA RELIGIÃO ROMANA E GREGA, INGRESSAM EM MASSA DENTRO DA IGREJA TRZENDO COSTUMES E PRÁTICAS QUE FORAM SE ACOMODANDO NO SEIO DO CRISTIANIMSO, TAIS COMO: O CULTO AOS SANTOS RECEPCIONADO POR BASÍLIO DE CESARÉIA E GREGÓRIO DE NAZIANZO. SURGE OS INCENSÁRIOS E ALTARES COMO PARTE DO CULTO CRISTÃO.


384 D.C.

SIRÍCIO É O PRIMEIRO A USAR O TÍTULO DE PAPA, MAS MUITOS OUTROS BISPOS TAMBÉM USAVAM ESTE TÍTULO.


400 D.C.

COMEÇAM A ORAR PELOS MORTOS E A FAZER O SINAL DA CRUZ, TAMBÉM SURGE A VENERAÇÃO DE RELÍQUIAS EM MAIOR GRAU.


431 D.C.

MARIA É PROCLAMADA MÃE DE DEUS


445 D.C.

LEÃO I ( 440 A 461 D.C.) É RECONHECIDO PELO IMPERADOR VALENTINIANO III EM 445 COMO O “Primaz de todos os Bispos”.


500 d.c.

USO DA ROUPA SACERDOTAL


590 A 604 D.C.

GREGÓRIO I, NA PRÁTICA, EXERCEU TODA A AUTORIDADE PAPAL, POR ISSO É CONSIDERADO “Primeiro Papa verdadeiro.” COMEÇANDO A HISTÓRIA DO PAPADO.


593 D.C.

O DOGMA DO PURGATÓRO COMEÇA A SER ENSINADO


600 D.C.

O LATIM É USADO OFICIALMENTE NAS CELEBRAÇÕES


709 D.C.

OBRIGATORIEDADE DE BEIJAR OS PÉS DO BISPO UNIVERSAL


758 D.C.

A CONFISSÃO AURICULAR É INTRODUZIDA NA IGREJA POR RELIGIOSOS DO ORIENTE.


787 D.C.

INÍCIO DO CULTO AS IMAGENS E DAS RELÍQUIAS


819 D.C.

A FESTA DA ASSUNÇÃO DE MARIA É OBSERVADA PELA PRIMEIRA VEZ.


850 D.C.

USO DA ÁGUA BENTA


880 D.C.

CANONIZAÇÃO DOS SANTOS


998 D.C.

ESTABELCIMENTO DO DIA DE FINADOS E A QUARESMA


1000 D.C.

O SACRIFÍCIO DA MISSA


1074 D.C.

PROIBE-SE O CASAMENTO PARA OS SACERDOTES


1075 D.C.

O CLERO DEVERIA DIVORCIAR-SE CADA UM DE SUA MULHER, GREGÓRIO VII IMPÕE O CELIBATO


1076 D.C.

DOGMA DA INFABILIDADE DA IGREJA


1095 D.C.

INDULGÊNCIAS PLENÁRIAS


1100 D.C.

INICIA-SE A FASE DE PAGAMENTO DA MISSA E O CULTO DOS ANJOS


1115 D.C.

A CONFISSÃO AURICULAR É TRANSFORMADA EM ARTIGO DE FÉ


1125 D.C.

ENTRE OS CÔNEGOS DE LIÃO APARECEM AS PRIMEIRAS IDÉIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA.


1139 D.C.

SE TORNA OBRIGATÓRIO A ORDEM DO CELIBATO


1160 D.C.

ESTABELECIMENTO DOS SETE SACRAMENTOS


1186 D.C.

É ESTABELECIDA A “SANTA INQUISIÇÃO”


1190 D.C.

ESTABELECIDA A VENDA DE INDULGÊNCIAS


1198 D.C.

INOCÊNCIO III DECLARA-SE “VIGÁRIO DE CRISTO E DE DEUS, SOBERANO SUPREMO DA IGREJA E DO MUNDO” E INSTITUI A INQUISIÇÃO


1200 D.C.

USO DO ROSÁRIO POR DOMINGOS, CHEFE DA INQUISIÇÃO, TAMBÉM O PÃO FOI SUBSTITUIDO PELA HÓSTIA.


1215 D.C.

A TRANSUBSTANCIAÇÃO TORNA-SE ARTIGO DE FÉ E É ESTABELECIDO A OBRIGATORIEDADE DA CONFISSÃO ANUALMENTE


1220 D.C.

ADORAÇÃO A HOSTIA


1226 D.C.

INTRODUZ A ELEVAÇÃO DA HÓSTIA


1229 D.C. PROIBE-SE AOS LEIGOS A LEITURA DA BÍBLIA


1264 D.C.

FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO


1303 D.C.

A BULA “unam Sanctam” PROCLAMOU E DECLAROU QUE A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA É A ÚNICA MANEIRA DO HOMEM ENCONTRAR A SALVAÇÃO.


1311 D.C.

PROCISSÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO E A ORAÇÃO DA AVE MARIA


1414 D.C.

NA EUCARISTIA ERA OFERECIDA SOMENTE SOMENTE A HÓSTIA AOS PARTICIPANTES E O CÁLICE RESTRITO AOS SACERDOTES.


1439 D.C.

OS 7 SACRAMENTOS E O DOGMA DO PURGATÓRIO SÃO TRANSFORMADOS EM ARTIGO DE FÉ.


1546 D.C. PARA A TRADIÇÃO É CONFERIDA IGUAL AUTORIDADE COMO A BÍBLIA


1573 D.C.

CONFIRMADA A CANONICIDADE DOS LIVROS APÓCRIFOS


1854 D.C.

PROCLAMAÇÃO DA DOUTRINA DA IMACULADA DA CONCEIÇÃO DE MARIA


1870 D.C.

É DECRETADA A INFABILIDADE PAPAL


1950 D.C.

A ASSUNÇÃO DE MARIA É TRANSFORMADA EM ARTIGO DE FÉ.


COMO VIMOS NESTE CAPÍTULO, A IGREJA CATÓLICA QUE HOJE CONHECEMOS É UMA DEFORMAÇÃO DO CRISTIANISMO PURO QUE FOI SENDO ABANDONADO LENTAMENTE ATÉ SE TORNAR NESTA BABILÔNIA ESPIRITUAL, TAMBÉM AQUI ACONTECE COMO PROBLEMAS COM A DATAÇÃO PORQUE ALGUMAS HERESIAS SE PROPAGAVAM MAS DEPOIS FICAVAM IMPOPULARES E MAIS TARDE RESSURGIAM PERMANECENDO ATÉ HOJE.

UM EXEMPLO É A INFABILIDADE PAPAL QUE JÁ FOI ADVOGADA POR MUITAS PAPAS EM DIVERSAS ÉPOCAS DA HISTÓRIA MAS QUE SÓ FOI DECRETADAS EM 1870, OUTRAS HERESIAS JÁ NÃO EXISTEM, MAS QUE ERA AMPLAMENTE ACEITA COMO EXEMPLO TEMOS A INQUISIÇÃO E A VENDA DE INDUGÊNCIAS QUE ACABARAM FICANDO IMPOPULARES.

 

Comentários